23 meses e 3 dias no inferno - 27º

/
0 Comments
27º Capítulo

Bem, não preciso dizer que o caos, no dia seguinte, só aumentou. Quando saímos, nos deparamos com uma cena dantesca. Apesar de o Sol estar brilhando, tudo estava molhado, e, pasmem, o monitor do computador servia de coçador para os bois.
Não sabíamos se riamos ou chorávamos. Mas minha filhinha acordou, e tivemos a certeza de que não havia sido um pesadelo.
E passamos o dia montando um quebra cabeça, que foi o que se tornou minha mobília e todas as coisas.
Mas algo que só Deus pode explicar, aconteceu; tenho muita louça e enfeites delicados, e com a agitação dos animais no pasto, passando pelas caixas, esbarrando, e fazendo até mesmo com que algumas rolassem, achei que não teria uma peça sequer inteira, e como disse só Deus mesmo, não quebrou sequer um copo.
O computador apesar da chuva, foi ligado e funcionou, a televisão também.
Trabalhamos (eu e meu marido), o dia inteiro. Não pudemos sair nem para comprar alimentos.
Já na outra casa, a do idiota que largou tudo na chuva, fazia uma festa, e nem para levar algo para minha filha comer.


You may also like

Nenhum comentário: